All for Joomla All for Webmasters
Domingo, 14 Agosto 2022


Assistência Social e Conselho Tutelar de Vila Nova lançam campanha alusiva ao 18 de Maio.

0
0
0
s2sdefault

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Vila Nova do Piauí junto ao Conselho Tutelar, lançaram nesta última segunda-feira, 10 de maio, a programação da Campanha 18 de Maio – ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’.

A campanha tem como objetivo mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Neste ano traz como tema “Em casa sem violência. Eu defendo. Eu Protejo. Eu faço bonito!” e o lema “Esquecer é permitir, lembrar é combater”.

A abertura da campanha foi realizada através de uma entrevista na RadCom Vila Nova FM, com as Conselheiras Tutelares ,Elisângela Silva e Maria Imaculada, e contou com a participação da psicóloga Vanessa Macedo.

Na ocasião, as profissionais abordaram sobre o objetivo da campanha, as formas/tipos de violência e canais de denúncias. Por fim, a psicóloga ainda falou sobre os cuidados que os pais e/ou responsáveis devem ter em casa, sobre alterações de comportamento e como identificar as mudanças.

A Presidente do Conselho Tutelar, Elizângela Silva, destacou que entre os dias 11 e 18 de maio serão realizadas ações que têm como objetivo orientar e conscientizar a população vila-novense sobre a proteção de crianças e adolescentes do município contra o abuso e a exploração sexual. “Durante a programação iremos divulgar vídeos informativos nas redes sociais sobre a importância da campanha 18 de Maio, medidas de prevenção e a divulgação dos canais de denúncia”, disse.

Em entrevista a redação do Cidades na Net, a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Ana Carolina, falou sobre a importância da campanha e ressaltou que a luta contra a exploração e abuso sexual devem ser discutidos diariamente.

Secretária de Assistência Social, Ana Carolina

“Sabemos da importância dessa campanha, por isso, convocamos toda a sociedade para participar desta luta e pedimos a todas as famílias vila-novenses para contribuírem com as denúncias, e protegerem as crianças e adolescentes do nosso município, temos uma equipe competente para realizar o trabalho em defesa dos direitos dos menores. A nossa luta contra a exploração e abuso sexual são problemas reais e que devem ser discutidos sempre. Precisamos cuidar das nossas crianças e adolescentes todos os dias”, disse a secretária.

PROGRAMAÇÃO 18 DE MAIO

Seguindo o cronograma, nesta terça-feira (11), será publicado um vídeo informativo sobre toque abusivo e como acontece a violência sexual;

Na quarta-feira (12), será feita postagens sobre os canais de denúncias;

Ainda fazendo uso das redes sociais para divulgação de informações, na quinta-feira (13), será divulgado um vídeo realizado pelas crianças. Na sexta-feira (14), a publicação de vídeo com a participação de profissionais do CRAS;

Encerrando as publicações, na segunda-feira (17), será a divulgação de um vídeo do Conselho Tutelar;

No dia 18, o Dia D da campanha, acontecerá uma panfletagem nas ruas com carro de som para chamar atenção da sociedade vila-novense em Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Criança e Adolescentes.

Disk Denúncia

Em Vila Nova do Piauí, a população pode fazer denúncias através do aplicativo “Proteja Vila Nova” que é direcionado para receber denúncias de qualquer tipo de abuso ou violação dos direitos da criança e adolescente.. Na sede do Conselho Tutelar que atende de segunda à sexta-feira das 8h as 13h, e sobre aviso em outros horários e finais de semana, entrando em contato com as conselheiras tutelares, na Delegacia de Polícia ou pelo disque 100.

_Conheça a história do ‘18 de Maio’

O Dia 18 de Maio foi instituído com a aprovação da Lei Federal 9.970/2000. Todos os anos, nesta data, a impunidade sobre a morte desta criança é lembrada em diversas atividades de discussão sobre o tema no Brasil. Na época, em 1973, a menina Araceli com apenas 08 anos de idade, teve todos os direitos violados: raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta que não foram condenados.

Confira as imagens:

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA NOVA DO PIAUI

 

Av. Santo Antonio, 210 - Bairro: Centro - CEP: 64.688-000 - VILA NOVA DO PIAUI/PI 

Telefone: (89) 3473 0068

Horário de atendimento: 07:30h às 13:30

CNPJ: 01.612.614/0001-97

Redes Sociais