Quarta-Feira, 23 de agosto de 2017 Nossa história      

Notícias

Vila Nova do Piauí discute saúde pública em 7ª Conferência Municipal

Representantes do poder público municipal, profissionais, servidores e usuários da saúde, e a sociedade civil em geral participaram

“Saúde pública de qualidade no SUS: Fortalecimento, avanços e desafios”. Esse foi o tema da 7ª Conferência Municipal de Saúde realizada nesta quinta-feira (13/07) no pátio da Creche Municipal Pro-Infância Professor Osvaldo, em Vila Nova do Piauí.

O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal, através do Conselho Municipal de Saúde e a Secretaria de Saúde, com o objetivo de avaliar a situação da saúde do município e propor diretrizes para formulação de políticas públicas. Representantes do poder público municipal, profissionais, servidores e usuários da saúde, e a sociedade civil em geral participaram.

A primeira dama Ana Carolina, participou da Conferência, representando o prefeito Edilson Edmundo de Brito que cumpre agenda administrativa em Teresina. Na abertura, a gestora da assistência social deu as boas-vindas a todos e falou da importância da mesma. “Sejam bem vindos a esse fórum democrático de grande importância para a promoção de saúde em nosso município. É importante realizar um momento de debate e discussão dos serviços e ações na saúde. Edilson tem dado assistência e feito o necessário para atender a demanda da população municipal. Vila Nova está atento a tudo. Mesmo com a escassez de recursos, Precisamos inovar, a exemplo da criação do Prontuário Eletrônico implantado no município. Juntamente toda a equipe da Educação, Assistência e Saúde unidos pelo crescimento e mais conhecimento para todos. Será uma manhã proveitosa e pretendemos estender estes momentos para mais usuários do SUS”, disse.

Ainda na mesa de abertura a secretária municipal de saúde Almerinda Tadeuza da Luz Leal explanou o objetivo da conferência. “A Conferência Municipal de Saúde é de extrema importância para avaliar o bom funcionamento da gestão municipal em saúde, por meio dela é possível avaliar a situação de saúde do município e propor diretrizes para a formulação da política de saúde. Pois é o local onde a sociedade, profissionais e demais segmentos se manifesta, fazendo orientações e discutindo as políticas públicas de saúde, que servem de subsídios para construção da elaboração do plano municipal de saúde e do plano plurianual. Resumindo, trata-se de uma grande reunião para discutir a saúde das pessoas e o sistema de saúde do município, onde trabalhadores e usuários farão propostas para confirmar o certo, modificar o errado e construir o novo. Portanto, partindo da saúde que temos para chegar a saúde que queremos” disse.O vice-prefeito Antônio Tiago, manifestou sobre a conferência “é um momento norteador de propor e discutir sobre a saúde pública de Vila Nova, e como cidadão vilanovense e representante do povo vamos elaborar as propostas inspirados no trabalho e na luta pelos usuários”.A presidenta do Conselho Municipal de Saúde do município fez um discurso na abertura oficial do evento “Bom dia a todos presentes, quero saudar a mesa de honra em nome da nossa primeira dama Ana Carolina, desejar boas-vindas a todos na nossa sétima conferência municipal de saúde que tem como tema ‘Saúde pública de qualidade no SUS: Fortalecimento avanços e desafios’, quero dizer que as conferências municipais de saúde são de extrema importância para o bom funcionamento da gestão municipal, por meio dela é possível avaliar a saúde do nosso município e propor diretrizes para a formulação da política de saúde. Agradecimentos especiais a nossa secretária Almerinda pela iniciativa pelo trabalho que ela vem dando continuidade à frente da nossa secretaria”.

Para aprofundar a discussão sobre o tema central, o conferencista Dr. Pascoal Costa ministrou uma rica palestra explanando sobre os eixos de discussões, atenção básica de qualidade, direito e garantia de acesso, gestão da saúde e educação da saúde, vigilância em saúde.

Outra palestra marcou a conferência, ministrada pela Dra. Aurileia Paiva, o público presente pode conhecer o diagnostico situacional do município, onde a nutricionista mostrou que desde a última Conferência, o município registrou avanços significativos no setor. Dentre outras melhorias, destacou a reforma e ampliação de postos de saúde em várias comunidades rurais, a aquisição de novo veículo para a saúde, os investimentos em saneamento básico e a implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão, além de outras ações como a realização dos exames básicos com as gestantes no próprio município. “São inúmeras as ações da gestão trabalho e compromisso, pautadas pela qualidade na prestação dos serviços, avanços e conquistas”, disse a primeira dama.

Em seguida, a plenária se dividiu em três grupos de trabalho para a elaboração das diretrizes com o propósito de melhorar o atendimento oferecido no município pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os participantes fizeram reflexões acerca dos avanços alcançados, dos desafios e do fortalecimento e acesso à saúde e prioridades do SUS.

Participaram do evento a primeira dama e secretária de Assistência Social, Ana Carolina, secretária de Saúde, Almerinda Luz, presidenta do Conselho Municipal de Saúde, Ancelma Adelidia de Jesus, coordenadora das UBAS, Kátia Leila, a enfermeira e doutoranda Milena Leal que representou os usuários,  o vice-prefeito Antônio Tiago,  secretário de administração, Dorgivaldo Lima, secretária de Educação, Edinete Brito, secretário de Governo, Erivan Brito, controlador Interno, Erasmo Navez,  os vereadores, Adelino Oliveira, Bibia de Benicio, Deijano Lima, Adonelys Araújo, Flávio Sousa e Mikaela Rocha representando o vereador Roberto Moura, e os conferencistas, Dr. Pascoal Costa e Dra. Aurileia Paiva.

Veja mais fotos!