Quinta-Feira, 15 de novembro de 2018 Nossa história      

Notícias

Educação de Vila Nova do Piauí realiza seminário do PNAIC e socializa atividades do ciclo 2017/2018

Promovida pela Prefeitura Municipal de Vila Nova do Piauí, através da Secretaria de Educação, o Seminário aconteceu na Unidade Escolar Sabino Gomes de Lima e reuniu gestores, coordenadores, diretores, educadores, pais e alunos.

Foi realizado em Vila Nova do Piauí, na manhã da última sexta-feira (06) o Seminário Municipal de encerramento do ciclo 2017/2018, do Pacto Nacional  pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Criado em 2012, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

Promovida pela Prefeitura Municipal de Vila Nova do Piauí, através da Secretaria de Educação, o Seminário aconteceu na Unidade Escolar Sabino Gomes de Lima e reuniu gestores, coordenadores, diretores,  educadores, pais e alunos.

Esse programa desenvolve diversas atividades lúdicas, interdisciplinares em sala de aula. No município de Vila Nova a coordenadora do programa é a professora Antônia Maria, que tem o auxílio de três formadores, sendo que uma é para a educação infantil com Goretti de Deus, Eliene Luz formadora do 1º ao 3º ano e Damião Leal formador do Novo Mais Educação.

“Estamos encerrando mais uma etapa do Programa Nacional de Alfabetização na idade certa (PNAIC). Programa este que nos ensinou muito. Foram muitas estratégias de ensino dando oportunidade ao professor se aperfeiçoar a cada dia com as formações continuadas e inovar suas práticas educativas”, frisou a coordenadora.

A coordenadora salientou ainda que foram  muitas experiências vividas durante esses 5 anos de PNAIC. “Nosso trabalho tem sido bastante diversificado com sequências didáticas, cantinhos de aprendizagem, projetos de leitura e várias experiências exitosas. Temos uma equipe maravilhosa, capacitada e preparada para lidar com os anos iniciais”, disse.

A gestão realizou um seminário municipal e culminaram todas as ações que foram desenvolvidas pelo programa no ciclo 2017/2018. Na ocasião, foram realizadas diversas apresentações culturais, também exposições de materiais lúdicos didáticos que são trabalhados em salas de aula.

Foi feita ainda a apresentação de uma sala multifuncional com conjunto de equipamentos de informática, mobiliários, materiais pedagógicos e de acessibilidade para a organização do espaço de atendimento educacional especializado que a gestão municipal montou, entre outras atividades.

A secretária de educação de Vila Nova do Piauí, Edinete Brito, contou que o município sempre tentou seguir o que era proposto pelas ações do PNAIC para conseguir a tão sonhada alfabetização na idade certa para o município. “Um dos objetivos da nossa administração é cumprir as metas previstas no Plano Nacional de Educação, e uma delas é alfabetizar as nossas crianças na idade certa. E para isso, apoiamos e investimos nas ações propostas pelo pacto”, disse a secretária.

O prefeito Edilson Edmundo de Brito (PTB) fez questão de participar de todo o seminário. “Sou professor e sei da importância de valorizar a Educação como porta do desenvolvimento. Por isto estou aqui para reforçar o meu compromisso como gestor de apoiar e garantir o funcionamento das políticas públicas e de programas como o PNAIC, que chegou ao município para somar com qualidade do ensino – aprendizagem. Estou encantado com tamanhas e lindas apresentações. Com os trabalhos expostos e com tudo que vi. Parabéns a todos envolvidos”, finalizou.

Professora Rozimar, vestida de blusa azul

A professora Rozimar do 1º ano do ensino fundamental, escreveu uma carta parabenizando a todos os professores envolvidos na execução do programa, destacando a importância da realização dessas atividades e  a sua felicidade em poder contribuir. “Estamos de parabéns pelo que fizemos e faremos em prol da educação, e com certeza a sociedade vai reconhecer, pois estamos trabalhando em prol de uma sociedade mais justa, igualitária e sem analfabetismo”, concluiu a professora.

Além da professora Rozimar, também expressaram seus sentimentos sobre o programa as professoras Francisca Leal, Rivanilda, Erivana, as diretoras Alicinete Bezerra, Evinha Lima e Luzia Francisca e a orientadora Eliene Luz. Todas elas falaram da importância do mesmo para a educação vila-novense.

_Veja mais fotos