Sabado, 16 de dezembro de 2017 Nossa história      

Notícias

Culminância de projeto de combate a gravidez na adolescência é realizado em Vila Nova do Piauí; fotos

A Presidente do Conselho Tutelar Elizangela Silva, abriu oficialmente a culminância do projeto, fez uma avaliação e divulgou o diagnóstico feito durante o período com os adolescentes nas escolas vilanovenses

O Conselho Tutelar, em parceria com a Prefeitura Municipal, e através da Secretaria de Assistência Social, Saúde, Educação e as demais secretarias municipais de Vila Nova do Piauí, tem investido em ações que garantem efetivamente o direito das crianças e adolescentes. Neste sentido, na tarde desta sexta –feira, 01, foi realizado a culminância do projeto: “Gravidez na Adolescência – um desafio social”. O evento aconteceu no ponto de Cultura Cidade Poesia.

Durante seis meses, o Conselho Tutelar executou o projeto em várias etapas, onde realizou visitas nas escolas, reuniões com os responsáveis pelos setores, palestras com os pais, campanhas informativas no rádio e nas mídias sociais, palestras e outras ações com o objetivo de refletir e discutir acerca dos fatores de risco para a gravidez na adolescência ressaltando a importância que há no conhecimento sobre o assunto, e avaliar quais os fatores que levam uma adolescente a ser mãe antes da idade adulta.

A Presidente do Conselho Tutelar Elizangela Silva, abriu oficialmente a culminância do projeto, fez uma avaliação e divulgou o diagnóstico feito durante o período com os adolescentes nas escolas vilanovenses. De acordo com a mesma dos 200 alunos pesquisados, 73 disseram que já tiveram relação sexual, apenas 46 destes usaram métodos contraceptivos, 6 adolescentes dos entrevistados já tiveram filhos ou estavam gravidas dos 13 aos 17 anos. “O problema deve ser discutido, dialogado e encarado como desafio social vilanovense para que tenhamos resultados”, disse a Presidente.

Após a fala da presidente, duas mães, junto com suas duas adolescentes que tiveram filhos na adolescência deram seus depoimentos emocionantes sobre os problemas enfrentados pelos pais quando descobrem que as filhas estão gravidas ainda na fase de adolescente, e as adolescentes que hoje já são mães também falaram do quanto elas abdicaram desta fase da vida para se dedicarem as novas vidas. As depoentes foram Elizangela Silva e Larissa e Edione e Janaína.

A secretária de Assistência Social, Ana Carolina, que representou o prefeito Edilson Brito, salientou sobre o projeto. “A gravidez é uma problemática real em nosso município. Parabenizo e apoio a iniciativa do Conselho Tutelar em parceria com a Prefeitura, assistência, saúde, educação e demais secretarias em tratar sobre esse assunto que é extremamente sério. Vamos abraçar está causa, conversando com nossos adolescentes, esclarecendo a eles a entenderem os fatores de riscos e fatores sociais na busca de evitar que adolescentes engravidem tão cedo e perca essa fase da vida que é tão boa”, pontuou a também primeira dama.

Após as falas, o evento seguiu com uma palestra com o tema: “A importância da interação familiar para o desenvolvimento afetivo e sexual dos filhos”, com a Psicóloga Amanda Brito (Especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial). Na ocasião ela abordou sobre os riscos, métodos, consequências de uma gravidez e sobre o papel da família na temática.

Houve ainda durante a culminância, um “Monologo em Equipe”, com os alunos de teatro da Secretaria Municipal de Cultura, dirigido pela atriz e poetiza Marcilene Luz, que abordou sobre a gravidez na adolescência.

A equipe do CT, agradeceu a toda equipe que ajudou no desenvolvimento do Projeto. “A contribuição de todos, foi muito importante para que alcançássemos os objetivos do projeto. Muito obrigada!”.

Além da presidente do CT, os demais membros conselheiros:  Maria Eliesia, Ironeide, Maria Imaculada e José participaram e organizaram o projeto. Também estiveram prestigiando o evento as diretoras de escolas, Evinha Lima, Luzia; o pastor Jessé Nunes; as funcionárias da Assistência Social, Maria Cleide (Assistente Social), Jenicleide Alaíde (coordenadora do CRAS), Kedjanes, Franklimara, Jaiane e Janaina; Marli Velosos, secretária de Cultura; Gilberto Lima, presidente do STTR e outros.

Veja mais fotos da culminância: